07.02.10

sou o gondoleiro dos sonhos. um dia vi no cinema um gondoleiro transportando os turistas de um lado para o outro da laguna entoando belas árias alimentando os sonhos que cada um perseguia na sua viagem. corporizando-os. era uma magia real vivida pelos actores e por mim. não duvido que todos os turistas que por lá passearam a sentiram. atribuí-a à cidade e ao encantamento da laguna. todo aquele espaço me pareceu mágico. não duvido que o era. sentia-se a magia em todo o lado. respirava-se na irrealidade daquele mundo harmónico, ao que dizem decadente mas tal facto parecia mais irreal do que o resto. Sono il gondoliere di sogni. Il mio ed altri. sou visível ou invisível? não o sei dizer. na minha gôndola mágica navego nos fios de água da chuva que escorrem e a elevam numa poalha mágica. com a minha vara florida oriento-a e ela deriva navegando em função dos sonhos buscando-lhes alimento e concretização. Sono il gondoliere dei sogni.

ilustrado por Ana às 06:37
escrito por Conceição em 10/02/2010 às 13:00

texto a partir da imagem...
as autoras
arquivos
2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


RSS
eXTReMe Tracker