27.11.09

Maria Rita corre a abrir a porta. é mesmo Zeca. vem radiante. numa das mãos um saco onde transporta uma caixa  de bombons Ferrero Rocher variados e uma garrafa de champanhe. na outra dois ramos de rosas. amarelas umas e rubras, de sangue as outras. beija Maria Rita na boca e oferece-lhe as rosas vermelhas. entra, cumprimenta o pai da namorada e entrega-lhe a garrafa de champanhe dizendo, para festejarmos. Antero dirige-se à cozinha para colocar o champanhe no frigorífico e Zeca segue-o -  posso entrar? pergunta adentrando a cozinha. Mariana sorri e desculpa-se estou a ver o nosso pargo assado, não o queremos queimado. pois não, retruque Zeca enquanto lhe entrega as rosas amarelas e a caixa de Bombons para a sobremesa, acrescenta. Josefa decidira fazer uma tarte de laranja receita de sua mãe e estava a colocá-la numa linda tarteira, herança de família. decorou à volta com gomos de laranja e artísticas flores feitas com casca da laranja. observou o aspecto final e ficou satisfeita - que pena que Joaquim não tenha sido convidado, mas claro, só o conhecerem em casa de Amélia...não fazia qualquer sentido. eu é que posso retribuir com um jantar à família Cunha e Silva e convidá-lo bem como a Zeca. aprontou-se para sair...

sinto-me:
ilustrado por Conceição às 12:08

texto a partir da imagem...
as autoras
arquivos
2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

28

30


RSS
eXTReMe Tracker