18.11.09

Mariana sente-se soberana, protegida pelo amor de Antero. Josefa e Joaquim estão encantados um com o outro e já decidiram ir a um bailarico durante o fim-de-semana. inquieta, Amélia vê Eleutério longínquo e sofrido. o jantar decorre ameno. tirando as fífias de náufrago do Léu-léu. salvo pela campaínha à hora da sobremesa. espantada Amélia recebe os beijos que Clotilde lhe dá nas bochechas enquanto entra despachada pela sala dentro. ai vizinha, desculpe! não sabia que estava com visitas! exclama num tom exaltado. ora, que distracção a minha! somos todos vizinhos! acrescenta sem cerimónias. e senta-se no sofá à espera de ser servida de um café. os restantes convivas estão tão serenos que riem, aceitando tudo como uma cena caricata. o que deixa Clotilde ainda mais irritada, pois percebe que não conseguiu incomodar ninguém.

ilustrado por Ana às 12:32

casamento e baptizado não vás sem ser convidado.
licão
Anónimo a 18 de Novembro de 2009 às 17:53

texto a partir da imagem...
as autoras
arquivos
2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

28

30


RSS
eXTReMe Tracker